PROCESSOS DE FORMAÇÃO

PROCESSOS DE FORMAÇÃO

        Flávia De Araújo Correa Azambuja nasceu dia 13 de julho de 1959, na cidade de Porto Alegre - Rio Grande do Sul. De familia clase média,  sua experiência profissional se iniciou no ano de 1975, quando trabalhou como desenhista técnica no escritório de engenharia de seu pai (engenheiro estrutural). Durante a juventude, Flávia frequentou a escola Laica: Instituto Educacional João XXIII, se formando em 1977. No ano seguinte de sua formatura, ingressou na faculdade de Arquitetura e Urbanismo (UNISINOS/RS), não finaliza o curso, parando no oitavo semestre. Paralelamente, frequenta muitos grupos e círculos sociais ligados a arte (inclusive a faculdade de Artes da UFRGS).

          Posteriormente, em atelier particular, desenvolveu produtos relacionados a pinturas em tecidos como: batik, estamparia, serigrafia, confecção de cenário para peças de dança e teatro infantil.

Não estando mais na arquitetura, segue na área da publicidade (que na época não havia curso específico de formação nesta área), trabalhando como free-lance em layout e arte final para diversas agencias e público em geral.

          Em 1989 foi contratada pelo SENAI/RS como Arte finalista da Escola Gráfica Henrique D’Avila Bertaso. Lecionou o curso de artefinal para menor aprendiz e segue na sua implantação (dar aula para adolescentes de 12 a 17 anos). Neste momento, em que começa a dar aula para adolescentes vindos de comunidades carentes, compreende que há algo que ela não sabe lidar: o SER humano, pois até então, seu envolvimento era apenas na área técnica. Esta constatação muda sua vida. Inscreve-se para prestar vestibular em Psicologia e passa. Cursando psicologia no período diurno, não era possível trabalhar e estudar, então Flávia decide pedir demissão no SENAI e segue na formação em psicologia.

Inicia na ULBRA/RS, mas em seguida migra para a UNISINOS/RS, acreditando ser mais flexível e proporcionando participação em projetos extracurriculares, nos quais tinha interesse.

Ingressou na psicologia em 1993 e concluiu o curso em 1999.

          Juntamente com o seu curso em psicologia, inicia no paralelo um pós em Psicoterapia Reichiana (psicossomática), por 3 anos,ministrado por Ernani Eduardo Trotta, finalizando em 1996.

Durante sua formação em psicologia, participou por 5 anos do projeto PRUMO/UNISINOS (programa interdisciplinar de unidade móvel de saúde coletiva, como estagiária e monitora) aonde expandiu seus conhecimentos de comunidade e intervenções coletivas. Fez emenda para melhorar a ação do projeto PEI – ProjetoEscolinhas Integradas do instituto Airton Senna, que funcionava em uma das comunidades que o PRUMO atendia.

Estagiou em outro Projeto da UNISINOS - SAPPRE (serviço de pesquisa em psicologia na rede escolar), aonde trabalhou com assessoria escolar junto ao SEMEC/ São Leopoldo/RS e no SEDA (serviço de doenças afetivas- DEPRESSÃO, da Santa casa de Misericórdia de Porto Alegre, na equipe do psiquiatra Nélio Tombini), fazendo triagem para o serviço e psicoterapia breve aos pacientes do serviço.

Paralelamente a todo este movimento realizado, das suas formações, praticou algumas modalidades esportivas que muito auxiliaram para a ampliação de suas percepções:

Iatismo, natação, karatê, arco e flecha, yoga, eco-caminhada e corrida.

          Em 1999, se muda para Santa Catarina. Produz trabalhos com a comunidade ribeirinha, inicia o movimento de trilhas ecológicas e desenvolve um curso na área de qualidade de atendimento a público para secretárias e setor imobiliáro, junto ao CDI de Itapema. Além da Clinica em Itajaí, Florianópolis e Balneário Camburiú.

          Em 2002, quando nasce sua filha, Flávia retorna para Porto Alegre; relata a maternidade como uma experiência mágica, intensa e transformadora. Segue com a clínica em consultório particular em Porto Alegre/RS. Em 2006 realiza uma pós-graduação em arteterapia e em 2008 inicia com um serviço de assessoria em Brasília, para estruturar um SPA de serviços com a abordagem da medicina Ayurveda/indiana, chinesa e tibetana. O NUWA SPA foi devidamente estruturado e Flavia segue indo sistematicamente a Brasília para atender seus clientes dentro da linha vibracional (Leitura Vibracional e Limpeza dos 4 corpos).

          Importante entender que a LEITURA VIBRACIONAL iniciou nos anos 80, aonde vivenciava processos pessoais de muitas intensidades, de relacionamentos difíceis, casamento e separação. Este cenário complexo levou-a a buscar ajuda e alento em diversos lugares. Iniciou com a Yoga, depois se lançou a correr, e foi conduzida a centros espíritas. Transitou por vários locais, templos, terapias. Todas as experiências foram fundamentais para a ampliação de visão de mundo, para ler materiais diversos, com crenças e códigos variados.

          A vida pessoal de Flávia sempre foi marcada pelo desconforto. Uma infância com muito medo, pois tinha uma visão expandida, para além daquilo que era material, sentia fluxos, via seres e formas estranhas, mas não tinha noção de que apenas ela via. Passou toda sua infância e adolescência com terror noturno, pois a noite sua visão sensorial se potencializava. Ela era uma criança quieta, extremamente tímida, com um universo interno muito exacerbado, tinha medo de tudo, um nível de tensão constante.